Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Notícias sobre: Parkinson (fonte Google)

Nova legislação garante prioridade para idosos em processos judiciais
A Tarde On Line
Também foram contempladas as pessoas com deficiência física ou mental ou portadoras de doenças graves, como tuberculose ativa, cardiopatia grave, Parkinson, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Clique com o botão direito do rato aqui para transferir imagens. Para ajudar a proteger a sua privacidade, o Outlook impediu a transferência automática desta imagem da Internet.
Diário de Notícias - Lisboa

Português descobre gene que cria células
Diário de Notícias - Lisboa
José Silva explica ao DN como o método abre caminho ao tratamento eficaz da diabetes ou Parkinson. Equipa de japoneses conseguiu reproduzir ratinhos a ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Publicação: 21 de agosto de 2009
Portal Click
No mesmo local em que funciona o CDA, funciona o CDP (Centro da Doença de Parkinson), onde são desenvolvidas actividades similares voltadas para o tratamento ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Investigador português dá importante passo em descoberta ...
TSF Online
José Silva explicou que esta descoberta poderá ajudar no futuro no combate às doenças de Parkinson e Alzheimer. Um cientista português deu um importante ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
ESPAÇO PARA FISIOTERAPIA E DIÁLOGO
Zero Hora
Hennemann, que tem a doença de Parkinson, oferece fisioterapia e recreação a outras pessoas que sofrem com a doença. – A participação é totalmente gratuita. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Blogs sobre: Parkinson

Nova terapia contra Parkinson |
de nick.martins
Brasileiro descobre técnica que trata a doença com choques na coluna e vai parar na capa da revista Science. Teste em humanos a partir de 2010.
NickMartins.com.br - http://nickmartins.com.br/atualidades/
Blog da APARS
de Hugo
A proposta da APARS de divulgar um depoimento mensal de portadores, familiares, cuidadores ou profissional da área da saúde, tem como objectivo mostrar que pessoas envolvidas com a Doença de Parkinson, convivem com a mesma patologia, ...
Blog da APARS - http://blogdaapars.blogspot.com/
Quinta do Sargaçal – Parkinson: O elo dos pesticidas +
de José Rui Fernandes
Parkinson: O elo dos pesticidas +. Fundo soberano da Noruega vai incrementar o seu papel ecológico. Pretende influenciar o comportamento “verde” das empresas onde investe. E como estamos a falar de 380 mil milhões de dólares, ...
Quinta do Sargaçal - http://www.sargacal.com/
Doença de Parkinson
de noreply@blogger.com (Hugo)
Este Blog é dedicado às pessoas com Parkinson (PcP's ), seus familiares, bem como aos profissionais da saúde que vivenciam a situação de stress que acompanha a doença. A ideia é oferecer aos participantes a oportunidade de trocar ...
Doença de Parkinson - http://maldeparkinson.blogspot.com/
O Método 'Lee Silverman Voice Treatment' e seu auxílio na doença ...
de hfarina
Cabe citar que, recentemente, as pesquisas têm apontado comprometimento cognitivo na doença de Parkinson, inclusive distúrbios de atenção, memória e linguagem. A minha pesquisa de Mestrado desenvolvida na USP indicou possíveis ...
Jornal Planeta Morumbi - Versão Blog - http://planetamorumbi.wordpress.com/

Websites sobre: Parkinson

Jornal Cidade de Rio Claro Projeto da Unesp para paciente com ...
Da Redação A doença de Parkinson é conhecida por trazer sérios prejuízos à ... Em Rio Claro os portadores da doença de Parkinson contam com um centro de ...
 
Parkinson's Disease: Iron Accumulation To The Point Of Demise
Aug 20, 2009 ... Investigation of the human brain discloses a distinct dark discoloration of the substantia nigra and locus coeruleus within parts of the ...
 
Avian Influenza Strain Primes Brain For Parkinson's Disease
At least one strain of the H5N1 avian influenza virus leaves survivors at significantly increased risk for Parkinson's disease and possibly other ...
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:50


Introspecção

por romasi, em 20.05.08

 

 

 

 

 

INTROSPECÇÃO

 

Se não conseguires escrever

com as duas mãos,

ainda assim, escreverás com uma;

 

Se tiveres dificuldade em escrever direito,

com uma mão,

escreve com os dedos que te restam;

 

Se te tremerem as mãos

e sentires que te olham,

não te importes!

Só treme quem está vivo.

 

Se não conseguires escrever

Dita os teus reversos

para que alguém

te apare a escrita…

e o néctar dos teus versos.

 

Se mesmo assim

tiveres em dificuldade,

esforça-te:

 grava as palavras

no teu coração

E recorda que já foste poeta

 

Lisboa, 29 de Janeiro de 2008

 

Rogério Martins Simões

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:46


Amanhã estarei melhor...

por romasi, em 30.03.08

 

 

(Óleo sobre tela Real Bordalo)

 

 

No dia 27 de Abril de 2008 consegui, finalmente, escrever um lindo soneto dedicado à minha estrela – Elisabete Sombreireiro Palma, à “ESTRELA MAIS BELA QUE ENCONTREI” e, nesse mesmo dia, agradeci aos céus este facto, marquei uma visita a Barrancos pensando que tinha passado esta difícil fase. Não passou! A dificuldade em escrever é, em cada dia que passa, maior. Tremo, temo! Como é difícil superar os estragos causados por esta doença! Estou a ficar muito cansado…

 

O grito que aqui deixo, sem data, tem hoje mais sentido.

Nestes últimos meses tenho observado em mim o agravamento dos sintomas da Parkinson. É como uma revolta sonâmbula que me tem impedido de escrever poesia; de reviver na esperança, que me deixa em pranto, mas não quer compaixão!

 

Como funcionário público, tudo me é exigido como estivesse bem. Não estou!

Que falta de sensibilidade! Quanta ignorância reina da mente sábia dos que persistem em tratar mal todos os trabalhadores de função pública. Que luta tremenda enfrento, todos os dias pregado a um computador, para dar pareceres técnicos. Afinal, tenho 58 anos de idade e 38 anos de descontos - igual a 18% de penalização. Que descaramento! Que falta de solidariedade e desamor.

Que esperança de vida “à solta” me resta?

 

Desculpem-me este desabafo mas estou a ficar farto. Farto-me de lutar para que não me vá abaixo, para que não desista de lutar pela vida e que vida nos dão estes senhores?

 

Amanhã estarei melhor…

30-03-2008 23:47:49

Sempre,

Rogério Martins Simões

 

 

 

 

Amanhã estarei melhor

Rogério Martins Simões

 

Hoje continua o lastro

do meu estado de alma

do dia de ontem.

Estou envolvido

numa teia que enleia.

Estou como que pregado

a um madeiro

sem pregos ou cordas.

 

Solto uma terrível agonia

e, sem dar conta,

nem vómitos dão a perceber.

 

Sou uma represa invisível

num turbilhão de água

pesarosa.

 

Se ao menos chorasse.

Se ao menos morresse.

 

Sou um ser solitário

acompanhado

com a mulher mais presente

- O amor da minha vida.

 

Será do tempo?

 

Hoje meu corpo

nem o Tejo espreitou!

Sinto-me agarrado a nada,

e nem mesmo a lua

terá saudades em me ver.

 

Este vazio imenso

parece furtar

as palavras do coração.

Parece levar a alma,

que renascia,

quando noite fora partia,

pelo Tejo,

em busca de uma bruma de saudade.

 

Será do Inverno?

 

Não! O Inverno esquivou-se

nas estações esquecidas,

onde nem as carruagens

de terceira classe param.

 

Amanhã estarei melhor!  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:59


Sonhos desfeitos!

por romasi, em 19.10.07

 

(Óleo sobre tela Elisabete M. Sombreireiro Palma)

 

(Parabéns Elisabete!

Meu lindo sonho presente e belo - como lindos são os teus quadros.

Desta vez dedico-te um soneto)

 

 

 

Sonhos desfeitos

Rogério Martins Simões

 

O Sol resplandece e a água espuma

As ondas vagueiam e o barco desliza

Sobra no meu peito uma dor bruma

Que se esfuma nas colinas da brisa

 

A minha mão sobressai e já foi calma

O meu papel reproduz o adverso

Deixa escrever o que chora a alma

Acalma, vagueia e ensaia um verso

 

A escrita azul tem uma mancha preta:

Letra miudinha que desenha a caneta.

Do bloco de notas gotejam os defeitos

 

E se não mais encontrar sonho vão…

Fiquem os versos que redigi com a mão

Colorindo sonhos, com sonhos desfeitos

 

 

Lisboa – Tejo – 14 de Agosto de 2007

Concluído em 18 de Outubro de 2007

http://poemasdeamoredor.blogs.sapo.pt

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00


Piso a areia da praia

por romasi, em 24.08.07

 

 

 

Piso a areia da praia

Rogério Martins Simões

 

Piso a areia da praia!

Que peso pesam os pés!

Parecem mesmo uma raia

Presa nas marés.

 

Transporto a toalha

Levo comigo o jornal

Lembro-me de jogar a malha

Levo a dor no bornal

 

Piso a areia da praia!

Vou pela borda da água.

Onda amena que se espraia

Leva contigo a minha mágoa...

 

Queria de novo ter saúde

Seria novamente tão feliz

Tremer não é virtude

Tremer eu nunca quis

 

Deito-me!

Penso!

Mesmo deitado no chão

- Mulher! Porque me aturas?!

Não te queria dar razão

Mas és tu que me seguras!

 

Como esta areia brilhante

A que a praia chamou de sua

Areia que da praia és amante

Oh mar salgado a praia é tua!

 

Um perfume paira no ar…

A vida a Deus pertence

O sol quente esconde a lua…

A maresia não veio para ficar...

A Parkinson não me vence

Vou continuar a lutar!

 

Piso a areia da praia

A maresia sofre um revés

A areia parece cambraia

Sacudo a raia dos pés…

 

30-09-2004 21:00:13

Aldeia do Meco

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:33


Ondas me vão levando

por romasi, em 13.03.07

(Meco- Portugal 2007)

 

Ondas me vão levando

Rogério Martins Simões

 

Nestas tardes, vazias, ondas me vão levando

Nestas tardes tardias, nas ondas terei sofrido

Morto estarei se breve não estiver chorando…

Cedo estarei chorando; se tarde haverei morrido…

 

Homem, poeta, quimera ou sonho, até quando?

Aceito as tardes vazias e não me dou por vencido

Estou morto? Ou vivo num corpo que não comando?

Passos os dias sofrendo, de tanto sofrer dividido

 

E se a dor avançar, chorar não é humilhação

Quero combater meus choros desta atribulação

Quero esgrimir que o mau tempo traz a bonança

 

Erguerei barreiras para conter todas as marés

Que me travam as mãos e me tolhem os pés

E com elas erguerei uma fortaleza de esperança

 

05-03-2007 21:51 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:44

A coragem não falta aos grandes homens!

Todos temos de lutar e tentar viver um dia de cada vez - o melhor possível.

Rogério

 

ESPERANÇA

Rogério Simões

 

Entrelaço os meus dedos nos teus

Vivas ilusões, ténues lembranças

Foram inatingíveis os versos meus

Outono breve, poucas esperanças

 

Ateámos o fogo nas estrelas dos céus

Mapeávamos nossos corpos de danças,

Encontros e desencontros, não são réus

Presos não estamos, procuro mudanças

 

Agora, adorno enigmas, bordados de cruz

Cintilam horizontes de esperança e luz

Meu fogo arde no mais puro cristal

 

E se na alquimia busco a perfeição

Respondo às interrogações do coração

Descubro no amor a pedra filosofal.

 

Lisboa, 02-10-2006 23:58

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:27


EMBOSQUEI-ME NA INDIFERENÇA

por romasi, em 05.11.06

(Foto de Padre Pedro)

EMBOSQUEI-ME NA INDIFERENÇA

(Rogério M. Simões)

 

Embosquei-me na indiferença,

sem sentido,

e em cada dia que passa,

parte a sorte nos ponteiros do silêncio.

 

Estou um mestre de silêncios.

Esfrego o corpo por tudo o que senta,

assenta ou me deita.

 

Deito aos poucos o que resta de mim.

Penduro-me nos ponteiros do relógio,

giro e volto

aos marginais pessimismos.

 

Interrogo-me nas orações.

Interrogo e rogo

para que tudo seja melhor

mas a sorte não muda.

Mudam os silêncios redobrados,

desencantados: porquê?

 

Antes, quando era esperança,

não agonizavam as palavras

e os dias eram claros como o sol.

Para quê a poesia

se o poeta não casa as palavras da sorte

e se refugia nesta catarse do nada.

6/1/2006

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:35



O MEU LIVRO DE POESIA






DESTINO OU CORAGEM



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D